Publicidade

Seja bem vindo
Nova Fátima,01/03/2024

  • A +
  • A -

Bahia leva 3 a 0 do Cuiabá na fonte nova, se complica e pode entrar no Z4

Com a derrota, a vida do Bahia fica ainda mais complicada na briga contra o rebaixamento. O Tricolor estaciona na 15ª posição, com 37 pontos, e corre risco de entrar na zona de rebaixamento na próxima rodada

Fonte: Globo Esporte
Bahia leva 3 a 0 do Cuiabá na fonte nova, se complica e pode entrar no Z4 Rikelme na marcação do meia Yago, em Bahia x Cuiabá (Foto: Felipe Oliveira/EC Bahia

O Cuiabá não se intimidou na Arena Fonte Nova e foi pra cima
do Bahia nos primeiros minutos. Logo aos três, Deyverson quase abriu o placar,
após cruzamento de Empereur, mas o árbitro marcou impedimento. Esse lance foi o
cartão de visitas do Dourado, que dominou as ações ofensivas no início do
confronto e foi superior no meio-campo. A recompensa veio com gol de pênalti de
Deyverson, aos 21 minutos. O lance resultou na expulsão de Camilo Cándido, após
toque de mão, e a entrada de Juba no lugar de Biel, que saiu do campo aos
prantos. A partir do gol, o Bahia, com um a menos, se viu obrigado a partir
para o ataque e pressionou o time adversário. Porém, as ameaças de gol não
passaram de um chute perigoso de Acevedo, que parou em boa defesa de Walter.

O segundo tempo começou no mesmo ritmo: enquanto o Cuiabá
controlava as ações, o Bahia não tinha repertório para levar perigo nas jogadas
ofensivas. O Tricolor, inclusive, chegou a levar um gol, em jogada irregular do
time mato-grossense, e teve Vitor Hugo expulso, decisão anulada após revisão do
VAR. O Bahia não mostrava sinais de reação, e Rogério Ceni decidiu ir pra cima
com as entradas de Ademir e Ratão. Mas nem deu tempo para os atacantes
esquentarem o sangue quando de Isidro Pitta recebeu bom passe e saiu de cara
com Marcos Felipe para marcar o segundo do time mato-grossense, aos 31 minutos.
Nos acréscimos, ainda deu tempo de Ronald Lopes fechar a conta após
contra-ataque mortal.

Com a derrota, a vida do Bahia fica ainda mais complicada na
briga contra o rebaixamento. O Tricolor estaciona na 15ª posição, com 37
pontos, e corre risco de entrar na zona de rebaixamento na próxima rodada. Vale
lembrar que Vasco e Cruzeiro, times que estão logo atrás na tabela, têm um e
dois jogos a menos, respectivamente.

Já o Cuiabá deu um passo importante na luta contra o Z-4. A
vitória deixou a equipe na 10ª posição, com 44 pontos, em situação confortável
até mesmo para chegar à Sul-Americana.

Neste domingo, o Bahia joga novamente ao lado da sua
torcida, desta vez contra o Athletico-PR. A partida da 34ª rodada está marcada
para as 18h30 (horário de Brasília). Já o Cuiabá volta a jogar em casa depois
de duas rodadas. O Dourado recebe o Fortaleza, também no domingo, às 18h30.

Uma cena chamou muita atenção na Arena Fonte Nova. Após a
expulsão de Camilo Cándido, que colocou a mão na bola para evitar o gol do
Cuiabá, aos 20 minutos do primeiro tempo, Biel foi substituído por Luciano
Juba. O camisa 10 do Bahia, porém, saiu revoltado de campo, chutou
garrafas, empurrou um fisioterapeuta do clube e chorou muito no acesso aos
vestiários. Quinze minutos depois, ele voltou para assistir ao jogo junto com
os companheiros.













Ao fim do jogo, os jogadores do Bahia foram em direção à
torcida que estava reclamando muito atrás do gol defendido pelo goleiro Walter.
Quase todos os atletas que estavam em campo ouviram as broncas da torcida, que
pediu raça e entoou gritos de “time pipoqueiro”.




COMENTÁRIOS

Buscar

Alterar Local

Anuncie Aqui

Escolha abaixo onde deseja anunciar.

Efetue o Login