APÓS SER HOSTILIZADO EM VOO, GILMAR USA AVIÃO DA FAB ENTRE CUIABÁ E SÃO PAULO

Por Agnaldo Rios 31/01/2018 - 21:23 hs

Após ter sido hostilizado em um voo de carreira no último sábado (27) em uma viagem de Brasília para Cuiabá, o ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Gilmar Mendes usou um avião da Força Aérea Brasileira (FAB) para deixar a capital mato-grossense em direção a São Paulo na última segunda-feira (29)

.Dados públicos divulgados no site da FAB apontam que o avião decolou às 13h05 em Cuiabá e aterrissou às 17h30 em Congonhas. Diferente de outros voos registrados na mesma data, o site não informa a justificativa do uso pelo ministro, que também é presidente do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), como “residência” ou “serviço”.

Apenas foi preenchido o campo destinado à autoridade que utilizou a aeronave: "À disposição do Ministério da Defesa Transporte do Presidente do TSE". Questionada sobre o uso do avião da FAB, a assessoria de Gilmar informou que não havia voos de carreira disponíveis no trajeto para que ele cumprisse um compromisso no Tribunal Regional Eleitoral (TRE) em São Paulo, agendado para o fim da tarde de segunda-feira.