ASSESSORA DO TRF-4 CAUSA POLÊMICA AO PEDIR PRISÃO DE LULA NO FACEBOOK

Por Agnaldo Rios 08/01/2018 - 21:35 hs

Uma postagem no Facebook da servidora Daniela Tagliari Kreling Lau, chefe de gabinete da presidência do Tribunal Regional Federal da 4ª Região (TRF-4), levou petistas a contestarem a imparcialidade da corte para julgar o recurso do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, no dia 24, contra sentença do juiz juiz Sergio Moro no caso do tríplex do Guarujá. O petista foi condenado por corrupção passiva e lavagem de dinheiro a nove anos e meio de prisão. De acordo com o jornal Zero Hora, a postagem diz que o Brasil inteiro “exige a prisão de Lula” e convoca outros seguidores a assinarem o manifesto virtual. Por causa da manifestação (que agora está restrita a amigos na página de Daniela), o partido está estudando as medidas jurídicas cabíveis para questionar a isenção da servidora. Em uma frente, o PT pretende ingressar com representação junto ao Conselho Nacional de Justiça (CNJ), órgão que tem como função e exercer o controle da atuação administrativa e financeira do Poder Judiciário e do cumprimento dos deveres funcionais dos juízes. “É a perda completa de qualquer isenção. Vamos imaginar o contrário, que ela tivesse feito um abaixo-assinado pedindo a absolvição do Lula. O que teria acontecido hoje?”, observa o deputado federal Paulo Pimenta (PT-RS).