APÓS ANÚNCIO DE CAÇA-RATO, PRESIDENTE DO CONQUISTA REVELA METAS OUSADAS PARA O ANO DE 2018

Por Agnaldo Rios 29/12/2017 - 09:17 hs

Na tarde de quarta-feira (27), o Vitória da Conquista anunciou a contratação do experiente atacante Flávio Caça-Rato. Diante disso, em entrevista ao Galáticos Online, o presidente do clube, Ederlane Amorim, afirmou que o elenco está quase fechado para a temporada de 2018, e que poucos atletas ainda devem chegar.

“Mais uns dois ou três nomes estaremos anunciando. Temos um elenco já bem fechado, estamos muito satisfeitos, porém fizemos alguns amistosos, o Washington (treinador) fez algumas observações e dentro dessas observações a gente vai tentando equacionar para minimizar o erro. Já que, uma vez começando o campeonato, nós vamos ter jogos seguidos e não vamos ter tempo de buscar nada dentro do mercado, os jogadores em condições de atender você na competição... Então é importante a gente corrigir essas coisas agora para que a margem de erro possa ser diminuída dentro dos campeonatos que nós vamos participar”, afirmou.

Diante do alto investimento que vem sendo feito, com a contratação de atletas conhecidos no cenário nordestino e até nacional, como Flávio Caça-Rato, Jeff Silva e Alan Bahia, além do próprio treinador Washington, Ederlane revelou que o planejamento do Conquista para 2018 é de finalmente alçar vôos mais altos não só no estadual, mas também em nível nacional.

“Claro! É importantíssimo! Eu busquei fazer o elenco exatamente com os jogadores mais experientes, acostumados com esses formatos de competição como Série D... Claro que a gente vai fazer o possível para manter esse elenco já para a disputa também da Série D, porque é o nosso objetivo esse ano tentar seguir os passos da Juazeirense e subir. Tentar sair um pouquinho dessa situação de ficar sem calendário no segundo semestre. É importante a gente investir e acho que chegou o momento. Não só a vinda de Washington, mas como o Caça-Rato, o Jeff Silva, o Alan Bahia, o Tatu, o Gabriel Soares e o Magal que vieram do Vitória... Então vamos trazer mais uns dois jogadores conhecidos, mas não só por serem conhecidos mas também aliado a esse conhecimento a questão da produção que é o que realmente importa para nossa filosofia de trabalho”, afirmou o mandatário. BNews